quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

O QUE É NIILISMO?

Inês Lacerda Araújo


Um aluno me perguntou há algumas semanas atrás o que é niilismo. O termo vem no latim "nihil", que significa "nada". O niilista não é um pessimista.

O pessimista é um derrotista, nada presta, tudo é cinza, o futuro é negro, ele próprio é um impotente.

Já o niilista, pelo contrário, sabe reconhecer que há limite, que há sofrimento, morte; para ele não faz sentido procurar uma ordem universal que justifique a existência de todas as coisas.

Mas isso não o torna fraco, isso o fortalece e o encoraja, o torna senhor de si, pois ele não precisa se curvar para nada, ele é um espírito livre, não precisa de mitos, de fantasias, de ideologias. Como tudo é invenção humana, como em tudo há a marca do homem, em tudo há essa limitação intransponível, a de que podemos muito pouco.

Assim, o niilista não é impotente justamente porque vê a partir de uma perspectiva, a do alto, a da montanha, a nossa insignificância.

***
*


Do blog de minha mestra, por excelência, Professora Inês Lacerda, FILOSOFIA DE TODO DIA.
Postar um comentário