sexta-feira, 6 de agosto de 2010

DIA DE...



1. UM SITE
Estante Virtual

Esse site congrega a maior rede de sebos do Brasil. Muito bom, sobretudo para quem mora onde não há livrarias e sebos. É confiável e muito eficiente. Há cerca de três anos só compro livro pela Estante Virtual. Para usar os serviços do site basta se cadastrar.

2. UM ROMANCISTA CONTEMPORÂNEO
Milton Hatoum

Foto: Uol Folha
Quem pensa que só o passado possui bons escritores, não conhece Milton Hatoum. Dos cinco livros que escreveu três foram laureados com o prêmio mais importante da literatura brasileira, O Jabuti. Sem contar os prêmios da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA), prêmio Bravo e Brasil Telecom de Literatura de 2006, os mais cobiçados do Brasil.

Hatoum é amazonense e ensinou literatura nas Universidades do Amazonas e da Califórnia. Suas obras são: Relato de um certo Oriente (1989), Dois Irmãos (2000), Cinzas do Norte (2005), Orfãos do Eldorado (2008) e A cidade ilhada (2009). Ainda não li A cidade ilhada, os demais, asseguro: vale a pena suas leituras.

3. UM FILME
Alice no País das Maravilhas

Para quem ainda não viu a versão fantástica de Alice no País das Maravilhas estar imperdível. Na adaptação feita por Tim Burton do clássico de Lewis Carroll, uma Alice crescida volta ao País das Maravilhas, onde se torna uma guerreira ao lado do Chapeleiro Maluco, interpretado por Johnny Depp. Universo fantástico e leves toques de humor, além dos efeitos especiais tornam o filme um clássico do gênero.

4. UM LIVRO
Os anos mais antigos do passado (crônicas)

O livro é de um dos maiores escritores atuais Carlos Heitor Cony, que dispensa apresentação, já que seus textos se confunde com a própria história da literatura atual, além dos inúmeros prêmios que tem recebido. O livro reúne cento e dois artigos e crônicas publicados por Cony em diferentes épocas. É uma viagem e uma releitura das últimas décadas (viagens, política, filmes, músicas, amigos) que transcendem o registro jornalístico, com a argúcia do olhar de um ficcionista ímpar. O livro me encantou. E o encanto é necessário à vida.
- CONY, Carlos Heitor. Os anos mais antigos do passado. Rio de Janeiro: Record, 1999.

5. UM GRUPO MUSICAL
Raízes Caboclas

Criado na década de 1980, “Raízes Caboclas” é tido como o grupo que melhor representa a musicalidade do caboclo amazonense e tem como principal objetivo resgatar as raízes da cultura amazônica, buscando referências nas músicas ritualísticas dos índios ticuna, tucano e outras tribos da região. É um trabalho basicamente acústico e alguns dos instrumentos de percussão são de fabricação própria. O grupo Raízes já esteve de Norte a Sul do Brasil e fora dele, esteve nos Estados Unidos, Alemanha, Venezuela, Peru, Colômbia, etc. levando a cultura brasileira a esses países.
Postar um comentário