sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

ONDE ESTÁS?

Isaac Melo

“O amor é um sono que chega
para o pouco que se é”

Fernando Pessoa


Esta noite eu sonhei contigo
Eras mais pura que o diamante
Ajaezada num claro vestido
Cintilavas qual estrela nascente

Como é triste a realidade
Se no sonho, repouso em teu regaço
E quando me desperta a verdade
Ela me nega o teu abraço

Onde estás? brada meu coração
Pois já sinto a carícia de tua mão
A desfazer de meu destino, o nó

Ouço a tua voz que me invade
Uma chama em meu peito arde
O que é dois, será um só
Postar um comentário