domingo, 24 de abril de 2011

TARAUACÁ: O TORRÃO QUE TANTO AMO EM SEUS 98 ANOS

TORRÃO NATAL
Raimundo Rodrigues*

(Para Tarauacá, a terra onde nasci)

Tudo passa na vida, tudo vai,
as nuvens do céu, as águas do rio,
o dia que nasce, o raio que cai,
a chama da vela, o calor e o frio.

O vento que avança rápido ou lento,
as ondas do mar que morrem na areia,
o amor, a alegria, a dor, o lamento,
o inseto que cai, da aranha na teia.

O urro da fera, a ave que voa,
o pó que o vento levanta no espaço,
o troar do trovão que longe ecoa,
a nostalgia, a tristeza, o cansaço.

A chuva, o sereno, a intempérie, a neve,
o outono, o inverno, a primavera, o estio,
o vagalume que voa tão leve,
o canto, a palavra, o grito, o assovio.

Tudo passa na vida, é tudo um instante,
só não passa a saudade, esta não corre,
de quem longe está da pátria distante,
oh! esta saudade, eu juro, não morre!


* Raimundo Rodrigues (o Raimundo Acreano), poeta e escritor nascido em Tarauacá e que faleceu ano passado, em São Paulo.
** ROGRIGUES, Raimundo. Sonetos e outras poesias. São Paulo, 2009.

***


Mais sobre Tarauacá leia neste blog:

Um comentário:

Luciane Morais disse...

Feliz niver. a esse belo lugar, que é Tarauacá. Lugar de pessoas especiais, como vc meu amigo! E outros amigos, que me falam sempre muito bem, e com orgulho de Tarauacá!

FELIZ PÁSCOA! Tudo de bom!

Um bom domingo, de paz e alegrias!

*Cristo vive em mim* Cristo vive em você*

Abraços,
Lu