segunda-feira, 5 de julho de 2010

ASSIM FALOU ZARATUSTRA

F. Nietzsche

“Zaratustra, porém, olhava para o povo e se admirava. Depois falou assim: o homem é uma corda, atada entre o animal e o além-do-homem, uma corda sobre o abismo. Perigosa travessia, perigoso a-caminho, perigoso olhar-para-trás, perigoso arrepiar-se e parar. Grande no homem é que ele é uma ponte e não um fim: o que pode ser amado no homem é que ele é um passar e um sucumbir.”
Postar um comentário