quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

ETERNO CARNAVAL

Isac de Melo

Pra quem gosta de folia,
Eis aí o carnaval!
Vamos gastar o pouquinho
Que nos sobrou do natal
A história é sempre a mesma
A seguir vem a quaresma
E jejuar é legal

Sobrando farinha e sal
Zombaremos da ruína
Folião não passa mal
Há credor em cada esquina
Se ele não ficar doente
Ganha tudo novamente
Que venha a festa junina!

É assim que a vida ensina
Pra quem sabe trabalhar
Ganhar ontem, gastar hoje,
E amanhã recuperar
Dedicar a sua lida
Ao longo de toda vida
Ao labor, à festa, ao lar

Outro carnaval virá
E assim sucessivamente
O folião brasileiro
Sofre mas vive contente
Só volta à vida ranzinza
Nas quartas feiras de cinza
Quando retorna ao batente

Alguém disse anteriormente
Numa peça musical
Não lembro se foi Vinícius
Ou Wilson Simonal
Só sei que é verdadeiro
“A vida do brasileiro
É um eterno carnaval”(!!!).


ISAC DE MELO é poeta e músico popular acreano. Autor do livro “Urucum” (Clube de Autores, 2015).
Postar um comentário