quinta-feira, 12 de maio de 2016

NOVA VOZ DO POVO: A INTERNET

Gilberto A. Saavedra – Rio de Janeiro
Em 12/05/2016 

“Rápida como o raio e barulhenta como o trovão”


Eu cresci ouvindo durante a minha vida, sempre o mesmo comentário: o povo brasileiro é tolo. O povo não sabe fazer isso, não sabe fazer aquilo; o povo brasileiro não sabe votar, não cobra os seus direitos e por isso sempre foi passado para trás (enganado).

Passado para trás o povo sempre foi, ou melhor, dizendo, nós, cujo povo eu também faço parte. Mas, será verdadeiro que nós realmente sempre fomos ignorantes? Tolos? O quê você acha de tudo isso?  E os nossos ascendentes? Bisavós e avós concordariam? E os nossos pais? E você, concorda? Nós que fazemos parte do povo brasileiro, somos: “IMBECIS”? Esta pergunta eu deixo em vossas mãos! Você é que tem que responder.

Minha opinião: mas não quer dizer que você, também, não tenha o seu ponto de vista, e bem diferente da minha opinião. Os direitos são iguais.

DIGO – O povo brasileiro não é besta e nunca, foi! O problema, é que durante todo esse tempo perdido, jamais houve uma fonte confiável para informá-lo com veracidade, os fatos; nunca se falou com sinceridade em nossa nação. Não havia no passado, como ainda persiste no presente, o não interesse de se falar com seriedade; sempre se falou falácias ao povo e reconhecer as mentiras é por vezes difícil. Não havia como contestar os hipócritas. A imprensa divulgava a informação e o povo aceitava passivamente, calado, feito mudo; essa demagogia de “Hitler” vem perdurando até os dias atuais. Não só num governo, mas, em todos eles.

Como não confiar na imprensa? Considerada o 4° Poder de uma nação! Desconfiar, dela? Como, se não havia ninguém, ou melhor: uma fonte fidedigna ao lado do povo para divulgar os fatos reais.

Aí apareceu um milagre incrível que todos estavam esperando: a internet a “Nova voz do povo”.

A nova tecnologia veio em boa hora. Ela está crescendo, ainda é apenas uma criança, mas já demonstra uma força fora do comum. Num futuro bem próximo, o seu domínio será total.

O ditado popular “A Voz do Povo é a Voz de Deus”, ganha um aliado de peso, que veio para ficar; uma voz poderosíssima, que ultrapassa todos os obstáculos que eram até então, ditos como intransponíveis por qualquer mortal.

“A VOZ DA INTERNET’” em sua busca incessante, está alcançando resultados surpreendentes com respostas concretas, que até pouco tempo atrás, o povo não tinha. São respostas de muitas perguntas que poderiam ficar também no esquecimento, assim como muitas delas, no passado, ficaram esquecidas para sempre, prejudicando milhões de pessoas em todo o mundo.

“A VOZ DA INTERNET” ao lado das leis, ordens e regras; dificilmente no contexto atual, ninguém gostaria de ver o seu nome publicado negativamente nas redes sociais das páginas da internet. Agora, o povo está munido de um aliado que reclama e fala por suas súplicas.

Até nos meios de comunicação como Televisão, Jornais e emissoras de Rádio que, eram considerados intocáveis em seus editoriais, houve mudanças radicais e se renderam também ao novo conceito de se comunicar com todos, já com muito receio de baixar suas audiências e com isso diminuir o faturamento.

O leitor da imprensa impressa, o ouvinte de radiodifusão e o telespectador de TV não são mais meros e passivos públicos nesse novo processo comunicativo. Eles agem ativamente com a tecnologia com uma rapidez estupenda, através de seus E-mails, Whastsapp, Facebook, Twitter, Blogs etc. As rédeas foram invertidas.

Porém, quem atua nas redes sociais, tem que ser mais sensato com a sua opinião e comentários, sobre o cenário que o país está vivendo; não se deixar envolver com alguns comentários geralmente, usados (escritos) por ilustres personalidades brasileiras ou estrangeiras acima de quaisquer suspeitas, principalmente se o assunto envolver ‘Política’, escritas ou narradas por artistas, escritores, historiadores, jornalistas atletas e parlamentares que, com seus prestígios de milhões de fãs, leitores, torcedores e correligionários, tentam ou tentarão, mas não conseguem convencer com seus comentários, esse novo tipo de público chamado de, ‘internauta’.

“A nova voz do povo” (rápida como o raio é barulhenta como o trovão) desmascara todos, instantaneamente e caiem ao ridículo.

A celebridade que vir a público, aproveitando o seu prestígio e fazer um comentário com paixões e em benefício próprio (falso), e que não seja adequado (idôneo), com certeza não terá mais tanta credibilidade junto à opinião pública. Será objeto de gozação, com o prestígio em queda e outras penalidades que darão lhe muitas dores de cabeça; um trabalho de anos, conquistado com muito esforço e talento sendo jogado de água abaixo por causa um comentário envolvendo política. “Macaco velho não põe a mão em cumbuca”.

O direito é livre para qualquer cidadão dar o seu veredito. Há o famoso ditado popular: “Mentira tem perna curta” e agora como um raio, a hipocrisia é desmascarada. A situação (política e econômica) do Brasil está um caos e não há solução em curto prazo.

Devido à ausência de firmeza, incerteza nacional, mais pessoas passaram a conectar-se na internet, postando seus comentários sobre a péssima fase brasileira; participando ativamente do processo democrático do país, com uma grande aceitação de todo o povo brasileiro, que depositou toda fé nesse canal poderosíssimo, rápido e fenomenal aliado chamado, “Internet”.

Em 2004 durante uma aula de Jornalismo na Universidade Castelo Branco no Rio de Janeiro (estudei dois anos lá - 2004/5), um professor de Comunicação Social falando sobre essa nova tecnologia, disse que ela em pouquíssimo tempo modificará todo o sistema de comunicação no mundo. E olha que o digital só estava começando.  Explicou aos alunos que o computador comandará tudo; a Televisão, as emissoras de Rádio e Jornais impressos. 

Ele quis dizer que no futuro, os aparelhos de TV e Rádios não serão mais fabricados; serão peças de museus (recordações). Tudo que pertencer ao setor de comunicação passará a ser através do computador. As emissoras de rádio não precisarão mais de potência em seus transmissores.

Via internet, serão iguais, com a mesma qualidade de som e o mesmo alcance para todas. Essa proeza já está em uso. Em pouco tempo no Brasil, acabar-se-á o monopólio.

Já aconteceu com o rádio na década de 1950, que “Morreria” (profecia falsa dos especialistas da época) por causa da implantação da Televisão no Brasil; todavia, o radio acompanhou a tecnologia e está ai falando para o mundo via internet.

Como o sistema digital em emissoras de rádio no Brasil ainda não foi totalmente implantado (na Europa há muito tempo) está atrasadíssimo, (investimento caríssimo) talvez por esse motivo (já presente na internet) não seja mais tão importante no momento, a transformação de todo o sistema radiofônico brasileiro para o digital. O governo deu primeiramente, ênfase ao setor Televisivo.

Na época, ele (o professor de Comunicação) já dizia que dentro 70/100 anos o computador fará tudo no mundo, morrendo setores e profissões, e nascendo novas. Em alguns casos, ele se tornará tão micro que se tornará invisível. Seria usado talvez, dentro do ouvido, obedecendo ao comando do condutor, simplesmente, pelo pensamento dele.
Postar um comentário