sábado, 1 de outubro de 2016

ENGANOS DE AMOR

Mário Chamie (1933-2011)


Não se engana
a si o amor
que não nos damos.

Engana o outro amor
que no outro já perdemos,
se de nosso amor
o outro amor
se afasta em prantos.

Só o amor engana
o outro amor
de nosso sonhos,
se o amor
do outro amor que temos
não sonha
o amor sonhado
que sonhamos.


CHAMIE, Mário. Horizonte de esgrimas. Ribeirão Preto: Funpec, 2002.
Postar um comentário