segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

O ARQUITETO DA FOTOGRAFIA

Tancredo Maia Filho
“Com uma frágil escada de metal na mão, máquina fotográfica pendurada no pescoço e paciência de monge, ele tatua poesia nos retratos que tira. Como diriam os índios, em relação à fotografia, ele “rouba” a alma do que fotografa. É mais que um clique. Muito mais que um disparo. É o registro da vida. Durante um mês, todos os dias, fez a mesma coisa. Incansavelmente, caminhava por aquele lugar como se vai atrás de um tesouro perdido. Achou-os. E, depois de encontrá-los, está em estado de graça. Extasiou-se com o que descobriu. Encheu-se de bem-querer e acreditou ainda mais que a vida é dom.
Marcelo Abreu


Apresentamos um pouco do trabalho fotográfico de TANCREDO MAIA FILHO
Conheça mais em:

Alma de gato (Piaya cayana - Squirrel Cuckoo)

Soldadinho (Antilophia galeata)

Tico tico de bico amarelo (Arremon flavirostris)

Beija-flor-tesoura (Eupetomena macroura)

Beija-flor-tesoura (Eupetomena macroura)

Gavião carijó (Rupornis magnirostris)

Periquito-de-encontro-amarelo (Brotogeris chiriri)

Pintor verdadeiro (Tangara fastuosa)

Pipira-preta (fêmea) (Tachyphonus rufus)

Pipira-preta (macho) (Tachyphonus rufus)

Campainha azul (Porphyrospiza caerulescens)

Quero-quero (Vanellus chilensis)

Tesourinha (Tyrannus savana)
Preserve as aves, livres.
Postar um comentário