sexta-feira, 16 de novembro de 2012

QUANDO AS NOITES VOAVAM

JORGE TUFIC


A Cotiara aconselha que na hora de dormir
é que se tem de ficar acordado.

A Cutia estraga a roça
porque sempre se julga convidada.

Por gostar muito de criança,
a Preguiça é avó da gente.

O Tamanduá, leitor assíduo do chão,
adivinha chuva e tempo bom.
os bichos ouvem as frutas
antes de comê-las.
Quando se calam, é porque estão maduras
ou deixaram escoar o veneno.

O dono do sono demora a chegar.
Primeiro ele manda os filhos,
e a gente boceja.
A Puçanga da Jiboia
é do tamanho de sua barriga.



Postar um comentário