sexta-feira, 30 de novembro de 2012

PROFUNDAMENTE NOS TEUS SONHOS

Luiz Felipe Jardim


Queria ir ao teu inconsciente,
consciente de estar onde estaria.
Ao sopro denso do inquieto querer,
vagar nos ninhos do teu ser... 
Nas paisagens dos teus sonhos. 
Mergulhar no teu delírio natural.

N'algum lugar das tuas lembranças, 
das que mais profundamente tens dentro de ti, 
deixar-me íntimo, fluido, inteiro.

                            E,

nos vôos ágeis dos pensamentos, 
voar nas asas dos sentimentos. 
Ir aos teus olhos e 
ver (-te-r-me) 
leve e terno
passageiro
        .
Postar um comentário