sábado, 7 de setembro de 2013

MEMÓRIA DO CANGAÇO

Memória do Cangaço faz parte de uma compilação de 4 médias-metragens que compõe o longa Brasil Verdade, um dos clássicos do documentário brasileiro. Memória do Cangaço é de 1964, e tem direção de Paulo Gil Soares. Entre outros, ganhou o Prêmio da Crítica, do Festival de Tours, França (1965); Prêmio no VII Festival de Cinema dos Povos, Florença, Itália (1966); e Melhor Documentário de curta-metragem, Festival de Berlim (1966).

Memória do Cangaço mostra as origens do cangaço, no Nordeste brasileiro entre 1935 e 1939, com entrevistas de alguns sobreviventes da luta, policiais e cangaceiros. Entremeadas com os depoimentos, sequências autênticas de filmes realizados em 1936 por Benjamin Abrahão, um mascate árabe que conseguiu filmar o famoso bando de Virgulino Ferreira da Silva, o Lampião.

O documentário traz impressionante depoimento do “Coronel” José Rufino, um dos maiores caçadores e matadores de cangaceiros, com sua coleção enfrascada de cabeças, entre outras, as de Lampião, Maria Bonita e Corisco.

Texto acrescido com informações do verbete Brasil Verdade, do Wikipédia.
Postar um comentário