quarta-feira, 17 de abril de 2013

EMPRESÁRIOS

Clodomir Monteiro


máquinas cortando atalhos
rasgando tubos
troncos caindo ao som dos galhos
cobrindo áreas
barracos com pernas mansas
pelos ares

balseiros carregando planos
virando areia
represa fácil de água muita
comendo terras
em presa moto no tronco grosso
vencendo serras

empresários tomam mares de whisky
bem frios calados estouram lares
para o gado engordar
empresam rios
na cidade a carne humana
pele e osso


Ø  O poema “Empresários” foi publicado na edição número 2 da revista “Raizes”, publicada em Abril de 1977, na Cidade da Praia, pela Imprensa Nacional de Cabo Verde, África. (Mais informações sobre essa histórica revista no blog DEBAIXO DO BULCÃO)

Ø  CLODOMIR MONTEIRO preside a Academia Acreana de Letras. Acesse aqui o blog do poeta.
Postar um comentário