quinta-feira, 18 de abril de 2013

MEU PÉ DE LARANJA LIMA

MEU PÉ DE LARANJA LIMA é um clássico juvenil (até 90 anos) escrito por José Mauro de Vasconcelos (1920-1984). Quanto ao enredo do livro recomendo ir direto à fonte. A primeira adaptação cinematográfica do livro ocorreu em 1970, por Aurélio Teixeira. Agora ganha uma segunda adaptação, dirigida por Marcos Bernstein, prevista para estrear no próximo dia 19 de abril. Daquilo que não vi, devo me calar. Mas em relação ao de 70, ri e me comovi com o peralto e arguto Zezé. Uma película sensível, cheia daquela pureza com que todos nascemos, e a idade e o tempo vão aos poucos nos despindo. E aqui me valho do que Julio Cortázar havia dito acerca do romance (gênero), que este “parece ter nascido para manifestar em suas formas mais diversas o sentimento humano”. E é essa a impressão que tenho tanto das páginas quanto da tela. Vejo com bons olhos essa aproximação do cinema com a literatura; quase sempre se mostrou proveitosa. É só observar que os bons filmes brasileiros são em sua maioria adaptações literárias. O resto é nota de rodapé do besterol hollywoodiano.
Postar um comentário