domingo, 23 de março de 2014

MÚSICA DE CÂMARA

James Joyce (1882-1941)


Gentil senhora, não me cante
Canções tristes, de amor que acaba;
Deixe pra lá a tristeza; cante
Como esse amor tão breve basta.

Cante o longo torpor de amor
De amantes mortos, lado a lado,
E como, em sua cova, o amor
Vai repousar. Está cansado.


JOYCE, James. Música de câmara. Tradução de Alípio Correia de Franca Neto. São Paulo: Iluminuras, 1998. p.105 (poema XXVIII)
Postar um comentário